Ensinando Eletrica
Fale Conosco

Envie sua critica, duvida, sugestão e em breve responderemos.

Nome: *


Email: *

Mensagem: *


Ensinando Eletrica

LiveZilla Live Help

Com mais de 3 milhões e meio de visualização, o Blog Ensinando Elétrica é indicado por milhares de Professores e Profissionais da área, por ser um Blog totalmente de aprendizado em elétrica. Você pode se Associar e ter acesso a mais de 10 mil E-books de Elétrica, seja você tambem um associado. Atenção não é mensalidade !!!

Quero me Associar!

Colabore com nosso trabalho e ajude a manter o site online!

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
.... Seu acesso aos 15 GB de Downloads é enviado no mesmo dia da confirmação de pagamento e os DVDs em até 3 dias uteis e você recebe o cod. Rastreamento.

Autodesk AutoCAD Eletrical 2015



Descrição:

AutoCAD Eletrical é uma ferramenta CAD feita especialmente para o projeto de controles elétricos. A ideia do programa é simples: oferecer funções que simplifiquem o trabalho do usuário na hora de criar os componentes dos equipamentos, permitindo que ele aumente seu foco no desenho em si.
Se você costuma utilizar programas como CAD comuns, prepare-se para se sentir em casa com esse software. A interface do Electrical é quase idêntica a que você encontra no AutoCAD, mas com a adição de várias ferramentas para a construção da parte elétrica do projeto.
Outra grande adição do programa com relação ao CAD comum é a base de dados que pode ser instalada por você. São dezenas de fontes de empresas conhecidas, como LG e Samsung, assim você pode usá-las como referência para seus projetos.

O AutoCAD Electrical também conta com o Autodesk Cloud, uma ferramenta criada pela Autodesk para que você compartilhe seus dados diretamente pela nuvem com outros usuários do programa onde quer que estejam.

É importante avisar que, para que você consiga utilizar essa função, é necessário que o usuário se inscreva diretamente no programa, através do site oficial da empresa.

Informações do Arquivo:
Formato: RAR
Idioma: Multilinguagem
Tamanho: x32= 2,29 GB  x64= 2,84 GB
Lançamento: 2014
S.O: Windows 7/8/8.1

Requisitos para 32-bit:

* Processador Intel® Pentium® 4 recomendado;
* Microsoft® Windows® XP (Professional ou Home Edition (SP2)) ou Windows Vista;
* 512 MB de RAM;
* 2.7 GB de espaço livre em disco para a instalação*;
* Monitor 1280 x 1024 VGA com True Color;
* Dispositivo indicador compatível com MS-Mouse;
* Microsoft Internet Explorer® 6.0 (SP1) ou superior;
* Instalação por DVD ou CD-ROM.

Requisitos para 64-bit:

* Processador AMD Athlon™ 64, AMD Opteron, Intel Xeon com Intel EM64T ou Intel Pentium 4 com suporte a EM64T;
* Microsoft Windows XP Professional x64 Edition;
* 1 GB de RAM (de preferência mais de 1.5 GB);
* Suporte para placa de video Microsoft Windows 1280 x 1024 VGA com True Color, Open GL e DirectX 9;
* 3.0 GB de espaço livre em disco;
* Windows XP x64: Microsoft Internet Explorer 6.0 ou superior;
* Windows Vista: Microsoft Internet Explorer 7.0 ou superior;
* Dispositivo indicador compatível com MS-Mouse;
* Instalação por DVD ou CD-ROM.



Download:

32 Bits

64 Bits

Postado por Ensinando Elétrica on

Simuladores técnicos de comandos elétricos.

Olá vou deixar aqui esses simuladores técnico para você pode interpretar e entender o funcionamento do comando estrela - triângulo e também alguns outros simuladores interessastes de comandos elétricos vejamos abaixo:


DIAGRAMA DE COMANDO ESTRELA - TRIÂNGULO MOTORES 6 PONTAS TRIFÁSICOS

Clique na imagem para abrir o simulador de estrela - triângulo.


DIAGRAMA DE COMANDO PARTIDA DIRETA MODO 01



clique na imagem para abrir o simulador de partida direta


DIAGRAMA DE COMANDO PARTIDA DIRETA COM ATUAÇÃO DE RELE TÉRMICO


clique na imagem para abrir o simulador de partida direta com atuação de relé térmico


SIMULADOR DE COMANDO PARTIDA DIRETA E APRESENTANDO FALHAS NOS FUSÍVEIS,  E RELE ATUANDO.


clique na imagem para abrir o simulador do comando partida direta com falha em fusíveis e atuação de relé térmico

SIMULAÇÃO DO COMANDO PARTIDA DIRETA COM REVERSÃO PARA MOTORES ELÉTRICOS TRIFÁSICOS


clique na imagem para abrir o simulador de comando partida direta com reversão

SIMULAÇÃO DO COMANDO PARTIDA DIRETA CIRCUITO DE SELO


clique na imagem para abrir o simulador circuito de selo

Obrigado pela visita veja os links abaixo também tem mais simuladores para você visitante do blog ensinando elétrica





Postado por Ensinando Elétrica on

Fuga de energia entenda o que é e suas causas.

Fugas em Eletricidade

 
Você sabe o que é fuga elétrica? Fuga em Eletricidade?
Pois bem, assim como bandidos fogem da polícia, a eletricidade também pode fugir de alguma forma e neste caso o policial é você, do contrário sua conta de luz virá "arrasando" e você será "assaltado" não pela Concessionária de Luz, mas por você mesmo.

O condutor "Neutro" dos Transformadores de distribuição da nossa vizinhança são "aterrados", isso mesmo, aterrados, literalmente colodados em contato com a terra (Solo) por meio de "Malhas de Aterramento" (hastes de cobre ou material semelhante fincadas no solo e interligadas por meio de cabos).

Mas porque o condutor Neutro da Concessionária de Luz é aterrado?
Simples, ajuda em muito aos Eletricistas na busca de defeitos elétricos nas instalações, equilibra todo o sistema elétrico já que o Neutro que chega em sua casa é o mesmo Neutro lá da Subestação, entre outros pontos positivos... que somente Técnicos e Engenheiros sabem ao "pé da letra".

Sabe porque você leva choque ao "tocar" num cabo elétrico energizado?
                Simples, muito simples. Se vc tocar num condutor energizado, que vem de um Transformador com Neutro Aterrado, a corrente elétrica passará por seu corpo, "caminhará" pela terra, isso mesmo, pela terra, até chegar à haste de aterramento e por fim voltar ao Transformador, ou seja, a corrente elétrica retornou ao Neutro Aterrado do Transformador.

Você já experimentou ou ouviu falar de alguém que fez 127V para ligar algum aparelho usando um cabo fase do medidor de luz e o cabo "Terra" do aterramento do seu padrão de energia, ou pior, usando o cabo Terra que DESCE na lateral de um edifício!!?
Então... você não está jogando eletricidade fora. Acontece que a eletricidade passa por meio do Solo (Terra) até chegar de volta ao Transformador da sua rua, sendo lá estar o Neutro e por isso vc consegue 127V!, mas claro, isso não funciona legal, nada legal, pois o solo apresenta uma resistividade o qual dificulta tal corrente elétrica de "fluir", além de outros incovenientes, bem como o Cabo Terra não é para essa finalidade.

             Mas onde esse cara pretende chegar ?, vc deve estar se perguntando...

            Simples, você sabe como indentificar se há fuga de eletricidade nas suas instalações?
            Claro, sem ser aquela dica que te deram de desligar os aparelhos e olhar o medidor de luz., se continua girando...(cafona).
          
             Não?
           
            Se vc possuir um IDR ou DR na sua instalação essa dica irá ajudá-lo a identificar onde está a fuga elétrica, ou se vc não possui condições e não tem um IDR/DR na sua instalação poderá identificar onde está havendo a fuga, caso o suspeite disso quando receba uma conta de luz absurdamente alta.

            Com a eletricidade não há meio termo. Ou é, ou não é.
            Se num circuito trifásico (por exemplo), com a ajuda de um "Alicate Amperímetro", se vc medir a corrente das tres fases, a corrente que entra numa fase deve ser algebricamente igual a corrente que "sai" pelos outros condutores fase/Neutro.


            Sendo assim, para medir, identificar uma fuga elétrica, vc deve juntar todos os cabos que pertencem ao circuito e "abraçá-los" com a pinça do Alicate Amperímetro.



            Se o valor mostrado pelo instrumento é "0", ótimo, não há fuga elétrica na carga (aparelho, motor, microndas, circuito, etc).
            Agora, se o valor mostrado no instrumento é diferente de "0", esse valor aí mostrado no aparelho é o valor em "amperes" da fuga elétrica.
            Isso significa que uma parte da corrente elétrica não estão voltando pelo mesmo circuito, ou seja, esse pouco de corrente (fuga) está fluindo até o Neutro do Transformador utilizando-se de outro meio.

            Legal, como funciona isso?
            Simples, vc estará usando a mesma lógica de funcionamento de um IDR/DR, mas claro, vc está apenas medindo e indentificando onde é a fuga, ao contrário do DR que lhe possibilita isso e ao mesmo tempo desliga o circuito, evitando prejuízos físicos pessoais, bem como financeiro.

           Observação:
            Essa dica é para os Eletricistas recém formados que já sabem lidar com a Eletricidade, se vc não sabe ou não tem conhecimento sobre eletricidade, peça que um Eletricista verifique para você se há ou não fuga elétrica no seu Imóvel. Pois do contrário, lidar com Eletricidade sem saber o básico, é fatal.

            Existem Alicates Amperímetros de alta precisão, indicados para identificação de fugas elétricas, é o caso do ET-3140 do fabricante Minipa.

            Agora sim você fará bonito na frente de seus clientes, use o Alicate Amperímetro.

             Fonte : www.engenhariaeletrotecnica.com.br

Mais Dicas de como identificar uma fuga de energia
Problemas de isolamento das fiações e conexões, assim como os aparelhos elétricos podem causar as chamadas "fugas de energia". 
Por exemplo, se a sua instalação, em 110 volts, tiver uma fuga de corrente de 0,1 ampère, você terá somado a sua conta de luz mais 7,9 kWh sem perceber.
Dicas
* Para identificar fuga de energia desligue todos os aparelhos das tomadas e também todas as luzes. Verifique se o seu relógio continua girando. Em caso positivo você tem energia escapando;
* Chame um eletricista para verificar as conexões (emendas) em todas as caixas de passagem, nos interruptores, tomadas e pontos de luz. Se a instalação da casa for dividida em vários circuitos elétricos (aquelas chaves no quadro interno de luz) é bem mais fácil identificar o problema. Faça a operação circuito por circuito;
Fique alerta com os equipamentos que dão choques - com certeza há fuga de energia. Comece por eles. Ligue aparelho por aparelho e observe se o relógio de luz continua girando. Em caso positivo, leve o eletrodoméstico a uma assistência técnica para sanar o problema.

Postado por Ensinando Elétrica on

Dicas para instalação de ventilador de teto

Veja nas ilustração como você deve proceder para realizar a instalação do seu ventilador de teto, certifique que o disjuntor geral esteja desligado na hora da ligação dos fios.

1. Prepare a fiação

São necessários 5 fios para a ligação da chave com o ventilador: 2 para o motor, 2 para a lâmpada e 1 fio terra. Caso não tenha algum dos fios instalado, passe um fio paralelo extra da parede até o teto com auxílio do passa fio.
Prepare a fiação

2. Monte o ventilador

Monte o ventilador e o lustre de acordo com o manual. Deixe o vidro do lustre e a(s) lâmpada(s) para encaixar depois de completar a instalação.
Monte o ventilador

3. Passe os fios

Passe os fios das lâmpadas por dentro do niple. Passe os fios do ventilador e do lustre por dentro da pequena haste deixando-os sair na base.
Passe os fios

4. Encaixe a haste

Fixe a haste no motor deixando a abertura maior para o lado dos fios. Coloque o pino de fixação. Passe o fio do motor e do soquete por dentro da haste. Coloque o pino de segurança na haste.
Encaixe a haste

5. Fixe o suporte no teto

Com buchas e parafusos apropriados, faça furações e fixe o suporte no teto. Encaixe o ventilador no suporte, certificando-se de que o ventilador não esteja totalmente preso, mantendo seu movimento quando estiver ligado.
Fixe o suporte no teto

6. Ligue os fios do teto

Conecte o fio fase do lustre (preto) e o fio fase do motor (vermelho) ao fase da rede (vermelho) (para rede 127V). Conecte o retorno da lâmpada (preto) ao retorno da chave controle (preto). Conecte o fio de exaustão e o fio de ventilação do motor (brancos) ao capacitor. Arremate com fita isolante ou conectores.
Ligue os fios do teto

7. Ligue os fios na chave controle

Substitua o interruptor simples pela chave de controle. Conecte o fio da chave controle ao retorno da lâmpada (preto). Conecte os 2 fios da chave controle aos fios do motor (brancos). Conecte o fio de alimentação (vermelho) à rede elétrica. Isole o outro fio (preto). Arremate as ligações com fita isolante ou conectores.
Ligue o flexível

8. Finalize

Coloque a(s) lâmpada(s) e encaixe o vidro do lustre. Use a trena para medir a distância de cada pá do teto. Se alguma estiver desnivelada, movimente-a na base do motor até que fique nivelada. Os parafusos do ventilador devem ser conferidos e apertados, pelo menos, a cada 18 meses, além de rever o alinhamento das pás.
Finalize
Ligação dos fios pode varias de acordo com modelo do ventilador veja abaixo alguns esquemas e diagramas de ligação:

Postado por Ensinando Elétrica on

Como montar uma extensão elétrica?

Faça você mesmo sua extensão elétrica para uso em geral, super fácil e sem complicação veja nesse artigo o passo á passo somente aqui no Blog Ensinando Elétrica o blog dos eletricistas!!!!!

Extensão elétrica

Materiais

extensão elétrica
 
1 Plugue macho
extensão elétrica
 
1 Plugue fêmea
  • Individual
  • Múltipla (barra de tomada)
  • Para cada plugue, escolha o modelo:
    • Bipolar (2 pinos)
    • Tripolar (3 pinos) Atenção! Respeite sempre o mesmo número de pinos no plugue macho, fêmea e no equipamento a ser ligado.
  • Escolha também a amperagem dos plugues:
    • 20 amperes: para ligar equipamentos que aqueçam ou tenham resistência (secador, chapinha, torneira elétrica, micro-ondas, etc.) ou para equipamentos industriais (lavadora, compressores, etc.).
    • 10 amperes: para demais usos (ventiladores, liquidificadores, televisores, som, etc.). Atenção! A amperagem dos plugues deve ser igual à amperagem da sua tomada.
extensão elétrica
 
1 Cabo flexível
  • Paralelo: para locais internos e pequenas distâncias (menor de 10 m).
  • PP: ideal para locais externos ou internos com longas distâncias (maior de 10 m) Obs.: pode ter 2 fios internos (para plugues bipolares) ou 3 fios internos (para plugues tripolares).



Antes de começar

Utilize uma bancada ou uma mesa limpa e seca para efetuar a montagem.
Mantenha as crianças longe do local da montagem.
Siga as normas de instalações elétricas (ABNT).

1. Descasque os fios do cabo

Com o alicate descascador de fios ou o estilete, descasque 3 cm do cabo em cada ponta.
Descasque os fios do cabo

2. Abra o plugue macho

Com a chave de fenda ou Philips, retire o parafuso do plugue macho para abri-lo. Caso não haja parafuso, apenas desencaixe o plugue com a chave de fenda.
Abra o plugue macho

3. Afrouxe os parafusos internos

Uma vez aberto o plugue macho, afrouxe os parafusos internos dele com a chave Philips, sem retirá-los completamente.
Afrouxe os parafusos internos

4. Encaixe os fios do cabo

Posicione as pontas dos fios do cabo no buraco dos bornes. Aperte os parafusos internos. Reagrupe os fios do cabo na base afunilada. Feche e parafuse com a chave de fenda ou Philips.
Encaixe os fios do cabo

5. Abra o plugue fêmea

Com a chave de fenda ou Philips, retire o parafuso que trava o plugue fêmea. Em seguida, abra a tampa com a chave de fenda fazendo movimento de alavanca. Solte a peça plástica que prende os fios.
Abra o plugue fêmea

6. Afrouxe os parafusos internos

Afrouxe os parafusos internos do plugue fêmea com a chave Philips, sem retirá-los completamente.
Afrouxe os parafusos internos

7. Encaixe os fios do cabo

Posicione as pontas dos fios do cabo no buraco dos bornes. Aperte os parafusos internos. Reagrupe os fios do cabo na base afunilada do plugue fêmea. Feche e parafuse a peça com a chave de fenda ou Philips.
Encaixe os fios do cabo

8. Finalize

Teste o equipamento para certificar-se que ele funciona.
Finalize

Postado por Ensinando Elétrica on

Como instalar spots de embutir em um teto de gesso

Nesse artigo vamos mostrar como você deve proceder para realizar a instalação de spots em teto de gesso.

Como instalar cantoneiras para acabamento de parede

Materiais

Spots de embutir

  • Escolha:
    • Formato que mais combina com seu ambiente.
    • Tamanho que seja compatível com o espaço da instalação (nicho).
Lâmpada DicróicaLâmpada Fluorescente compacta
 
Lâmpadas
  • Escolha a cor, a potência e o modelo adequados.
    No caso de spots de LED, a lâmpada já vem com o produto. Nos demais casos, o modelo de lâmpada é indicado na embalagem. Os modelos mais comuns são:
    • Dicróica (GU10)
    • Fluorescente compacta (E27)
Lâmpada Dicróica
 
Você sabia?
  • Todos os tipos de lâmpadas existem em tecnologia LED, que oferece vários benefícios em comparação com a tecnologia convencional:
    • Economia de energia: consumo 7x menor.
    • Maior vida útil: duração 10x maior.
    • Mais opções de intensidade e cores de luz.
  • Atenção!
    • A lâmpada deve ser adequada à tensão elétrica da sua casa (127V / 220V).
    • Para lâmpadas de 12V, é preciso utilizar um transformador.
    • Para áreas úmidas, escolha spots com alto Índice de Proteção (IP44).

  • Ferramentas que utilizará


  • Antes de começar

    Certi fique-se que a instalação elétrica esteja finalizada:
    Carga elétrica adaptada ao número de spots a serem instalados.
    Sistema de interruptores adaptado (simples, paralelo, etc.).
    Fios próximos aos locais de instalação.
    Desligue a chave geral de energia ou os disjuntores.
    Respeite as normas de segurança.
  • 1. Marque o teto

    Trace no teto uma linha de 20 a 30 cm de afastamento da parede e paralela a ela. Com a trena, meça essa linha e divida a medida obtida (x) por [número de spots a instalar + 1]. O resultado (y) será a distância ideal entre cada spot. Com o lápis, marque cada ponto de instalação.

  • Marque o teto
  • 2. Fure

    Com a serra-copo, faça as furações nos locais marcados. Basta colocar a ponta da serra-copo na marcação em cruz e furar.
  • Fure
  • 3. Prepare os fios

    Por trás do gesso, passam 2 fios: o neutro (azul) e o fase (retorno do interruptor). Puxe os dois fios e desencape-os sem cortá-los.
  • Prepare os fios
  • 4. Conecte o soquete

    Conecte os fios da instalação elétrica no soquete do spot, isolando com fita isolante (ou conector).
  • Conecte o soquete
  • 5. Prepare o spot

    Caso não estejam instaladas, encaixe as presilhas nas laterais do spot. Elas irão segurar o spot no gesso na hora da instalação.
  • Prepare o spot
  • 6. Monte o spot

    Junte o spot e a lâmpada. Dependendo do modelo, segure a lâmpada dentro do spot encaixando-a no fixador/ abraçadeira ou colocando o aro.
  • Monte o spot
  • 7. Conecte o spot

    Segure o soquete saindo do furo e encaixe os pinos da lâmpada dentro, fixando o spot na instalação.
  • Conecte o spot
  • 8. Encaixe o spot

    Levante as presilhas de cada lado e encaixe o spot dentro do furo. Lembre-se de empurrar os fios antes de encaixar o spot. Ajuste o foco. Ligue a energia e o interruptor.
  • Encaixe o spot

Postado por Ensinando Elétrica on

Você Eletricista tem Direito Sim!!

Você Eletricista tem Direito Sim!!
___ Veja o Artigo sobre a Lei dos 30% para Eletricistas

Seguir no Google +

Curso Eletricista em DVD

Download Cade simu

Aulas de Comandos

Innovation Eletrica

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

 
Copyright © . EnsinandoEletrica. All Rights Reserved.
Designed by :Blog dos Eletricista