Header AD

Fuga de energia entenda o que é e suas causas.

Fugas em Eletricidade

 
Você sabe o que é fuga elétrica? Fuga em Eletricidade?
Pois bem, assim como bandidos fogem da polícia, a eletricidade também pode fugir de alguma forma e neste caso o policial é você, do contrário sua conta de luz virá "arrasando" e você será "assaltado" não pela Concessionária de Luz, mas por você mesmo.

O condutor "Neutro" dos Transformadores de distribuição da nossa vizinhança são "aterrados", isso mesmo, aterrados, literalmente colodados em contato com a terra (Solo) por meio de "Malhas de Aterramento" (hastes de cobre ou material semelhante fincadas no solo e interligadas por meio de cabos).

Mas porque o condutor Neutro da Concessionária de Luz é aterrado?
Simples, ajuda em muito aos Eletricistas na busca de defeitos elétricos nas instalações, equilibra todo o sistema elétrico já que o Neutro que chega em sua casa é o mesmo Neutro lá da Subestação, entre outros pontos positivos... que somente Técnicos e Engenheiros sabem ao "pé da letra".

Sabe porque você leva choque ao "tocar" num cabo elétrico energizado?
                Simples, muito simples. Se vc tocar num condutor energizado, que vem de um Transformador com Neutro Aterrado, a corrente elétrica passará por seu corpo, "caminhará" pela terra, isso mesmo, pela terra, até chegar à haste de aterramento e por fim voltar ao Transformador, ou seja, a corrente elétrica retornou ao Neutro Aterrado do Transformador.

Você já experimentou ou ouviu falar de alguém que fez 127V para ligar algum aparelho usando um cabo fase do medidor de luz e o cabo "Terra" do aterramento do seu padrão de energia, ou pior, usando o cabo Terra que DESCE na lateral de um edifício!!?
Então... você não está jogando eletricidade fora. Acontece que a eletricidade passa por meio do Solo (Terra) até chegar de volta ao Transformador da sua rua, sendo lá estar o Neutro e por isso vc consegue 127V!, mas claro, isso não funciona legal, nada legal, pois o solo apresenta uma resistividade o qual dificulta tal corrente elétrica de "fluir", além de outros incovenientes, bem como o Cabo Terra não é para essa finalidade.

             Mas onde esse cara pretende chegar ?, vc deve estar se perguntando...

            Simples, você sabe como indentificar se há fuga de eletricidade nas suas instalações?
            Claro, sem ser aquela dica que te deram de desligar os aparelhos e olhar o medidor de luz., se continua girando...(cafona).
          
             Não?
           
            Se vc possuir um IDR ou DR na sua instalação essa dica irá ajudá-lo a identificar onde está a fuga elétrica, ou se vc não possui condições e não tem um IDR/DR na sua instalação poderá identificar onde está havendo a fuga, caso o suspeite disso quando receba uma conta de luz absurdamente alta.

            Com a eletricidade não há meio termo. Ou é, ou não é.
            Se num circuito trifásico (por exemplo), com a ajuda de um "Alicate Amperímetro", se vc medir a corrente das tres fases, a corrente que entra numa fase deve ser algebricamente igual a corrente que "sai" pelos outros condutores fase/Neutro.


            Sendo assim, para medir, identificar uma fuga elétrica, vc deve juntar todos os cabos que pertencem ao circuito e "abraçá-los" com a pinça do Alicate Amperímetro.



            Se o valor mostrado pelo instrumento é "0", ótimo, não há fuga elétrica na carga (aparelho, motor, microndas, circuito, etc).
            Agora, se o valor mostrado no instrumento é diferente de "0", esse valor aí mostrado no aparelho é o valor em "amperes" da fuga elétrica.
            Isso significa que uma parte da corrente elétrica não estão voltando pelo mesmo circuito, ou seja, esse pouco de corrente (fuga) está fluindo até o Neutro do Transformador utilizando-se de outro meio.

            Legal, como funciona isso?
            Simples, vc estará usando a mesma lógica de funcionamento de um IDR/DR, mas claro, vc está apenas medindo e indentificando onde é a fuga, ao contrário do DR que lhe possibilita isso e ao mesmo tempo desliga o circuito, evitando prejuízos físicos pessoais, bem como financeiro.

           Observação:
            Essa dica é para os Eletricistas recém formados que já sabem lidar com a Eletricidade, se vc não sabe ou não tem conhecimento sobre eletricidade, peça que um Eletricista verifique para você se há ou não fuga elétrica no seu Imóvel. Pois do contrário, lidar com Eletricidade sem saber o básico, é fatal.

            Existem Alicates Amperímetros de alta precisão, indicados para identificação de fugas elétricas, é o caso do ET-3140 do fabricante Minipa.

            Agora sim você fará bonito na frente de seus clientes, use o Alicate Amperímetro.

             Fonte : www.engenhariaeletrotecnica.com.br

Mais Dicas de como identificar uma fuga de energia
Problemas de isolamento das fiações e conexões, assim como os aparelhos elétricos podem causar as chamadas "fugas de energia". 
Por exemplo, se a sua instalação, em 110 volts, tiver uma fuga de corrente de 0,1 ampère, você terá somado a sua conta de luz mais 7,9 kWh sem perceber.
Dicas
* Para identificar fuga de energia desligue todos os aparelhos das tomadas e também todas as luzes. Verifique se o seu relógio continua girando. Em caso positivo você tem energia escapando;
* Chame um eletricista para verificar as conexões (emendas) em todas as caixas de passagem, nos interruptores, tomadas e pontos de luz. Se a instalação da casa for dividida em vários circuitos elétricos (aquelas chaves no quadro interno de luz) é bem mais fácil identificar o problema. Faça a operação circuito por circuito;
Fique alerta com os equipamentos que dão choques - com certeza há fuga de energia. Comece por eles. Ligue aparelho por aparelho e observe se o relógio de luz continua girando. Em caso positivo, leve o eletrodoméstico a uma assistência técnica para sanar o problema.
Fuga de energia entenda o que é e suas causas. Fuga de energia entenda o que é e suas causas. Reviewed by Ensinando Elétrica on 21:14 Rating: 5

5 comentários

  1. Muito interessante as matérias desse blog

    ResponderExcluir
  2. Se eu tenho um sistema trifásico não balanceado ao abraçar os 3 fios a corrente será ZERO? o CERTO é medir a corrente do fio por fase com todos as cargas penduradas desligadas e essa corrente deve ser igual a ZERO?

    ResponderExcluir
  3. Se a carga no sistema trifásico está desiquilibrada ao abraçar os 3 fios com o amperimetro a medida será diferente de ZERO? O ideal seria medir por fase com as cargas desconectadas e fazer a medida. Se for igual a ZERO não há fuga?

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Deixe seu comentário sobre esse artigo, você também pode personalizar com o emoticons disponíveis acima. Em breve estaremos respondendo. Lembre - se para comentar você deve ser um membro do Blog, você pode seguir pelo gadjet seguidores.

Post AD

gifgifs.com