Veja no Google + Participe!

INSTALAÇÃO DE TOMADA COM CONDUTOR DE PROTEÇÃO

E aí pessoal, beleza? Nesse artigo de hoje vou falar da instalação de tomada com condutor de proteção. Fique até o final desse post para não perder nada.

INSTALAÇÃO DE TOMADA COM CONDUTOR DE PROTEÇÃO:

MATERIAL UTILIZADO:

fios; 01 tomada (N+F+T); 01 chave néon (teste); 01 chave de fenda; 01 alicate universal; 01 alicate de bico.


INTRODUÇÃO

Nesta tarefa, uma tomada com três pinos será utilizada, sendo dois pinos ligados aos tradicionais fase e neutro, e o outro pino ligado ao fio de proteção (PE) ou fio terra. O fio terra provém de um aterramento contento uma ou mais hastes de cobre, uma grande utilidade do terceiro pino é oferecer segurança ao operador do equipamento eletro- eletrônico. Ao se ligar um plug a uma tomada de três pinos, com o terceiro pino realmente aterrado, todas as partes metálicas externas do equipamento também ficaram aterradas. Se ocorrer algum defeito interno, principalmente provocado por choques externos, tal que alguma parte "viva" faça contato com a carcaça metálica, o fio terra escoará a corrente elétrica para a terra sem limitação de corrente, queimando assim o fusível de proteção e desergenizando o equipamento, protegendo assim, o operador contra possíveis choques elétricos provocados pelo equipamento. A Norma NBR 5410 da ABNT determina como deve ser instalado um único sistema de aterramento em cada instalação, ou seja, caso existam mais de um aterramento estes devem ser conectados entre si. Não basta apenas ter a rede elétrica aterrada. Seu computador, impressora, entre outros equipamentos elétricos tem que estar conectados eletricamente ao aterramento. Na verdade, ter um aterramento malfeito é mais perigoso do que não tê-lo.

Publicidade:

PROCEDIMENTOS:

1º Passo:

Com o auxilio da chave néon, verifique se o circuito está desenergizado; em caso positivo, prossiga. em caso negativo, desenergize o circuito, desligando o disjuntor da sua cabine.

2º Passo:

Com o auxílio do cabo guia, coloque a fiação dentro do eletroduto, seguindo o diagrama unifilar mostrado na Figura 10(a).

3º Passo:

Faça as devidas conexões à tomada e emendas, se necessário, seguindo o diagrama multifilar mostrado na Figura 10(b).

4º Passo:

Energize o circuito acionando o disjuntor, e teste-o, verificando se há tensão nos terminais da tomada.



Recomendamos: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários acima são de inteira responsabilidade de seus respectivos autores e não representam, necessariamente, a opinião do Blog Ensinando Elétrica.

Ads